Malafaia defende impeachment de Temer horas antes da reunião marcada

News3

As declarações dadas por Joesley Batista, dono da JBS, comprometem a permanência de Michel Temer como presidente do Brasil. Já há milhares de brasileiros pedindo o impeachment do presidente e o pastor Silas Malafaia faz parte deste coro.


Com reunião marcada com o presidente para esta quinta-feira, onde discutiriam sobre a Reforma da Previdência, Malafaia resolveu pedir a saída de Michel Temer da presidência.

“Não adianta chorar! Comprovada a denúncia contra Temer, impeachment!”, escreveu o líder religioso no Twitter. Ele comentou também sobre as denúncias contra Aécio: “Contra Aécio, cassação!”.

Ciente que os deputados da oposição já entraram com pedidos de impeachment contra Temer, Malafaia afirmou que eles não têm moral para tal ato, pois foram contra a saída de Dilma Rousseff.

“O PT vai pedir a renúncia de Temer. Porque não pediram a renúncia de Dilma? Cambada de oportunistas que não tem moral para falar de ninguém”, declarou.


Contra o deputado Alessandro Molon, que protocolou o pedido de impeachment assim que o jornal O Globo noticiou as denúncias contra o presidente, Malafaia também fez ironias.

“Essa é a moral do deputado Molon> Foi contra o impeachment de Dilma, é o 1º a pedir o impeachment de Temer. Não tem moral! Cínico!”

Para Malafaia todos os deputados que foram a favor da saída de Dilma podem pedir a saída de Temer, os que foram contra não têm esse direito. “qualquer deputado tem moral de pedir o impeachment de temer, menos os deputados do PT, PSOL, Rede, PC DO B. Cambada de cínicos oportunistas!”

Deixe seu comentário: