Avalie o site

Durante participação no Congresso Gideões, Bolsonaro recebeu oração

News3

No dia 29 de abril o deputado federal Jair Bolsonaro, ainda como pré-candidato à presidente, esteve no Congresso Gideões Missionários da Última Hora (GMUH), a convite do pastor Reul Bernardino.

Acompanhado de sua esposa, Michelle, Bolsonaro assistiu a ministração do pastor Adão Santos que logo nos primeiros minutos de pregação sente de orar por pessoas com problemas no estômago. Bolsonaro levanta a mão e recebe a oração de um pastor.

O fato voltou a ser comentado nas redes sociais neste final de semana por conta do atentado sofrido pelo candidato, vítima de uma facada na última quinta-feira (6), quando fazia comício em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Doze centímetros da faca entraram no corpo de Bolsonaro, atingindo uma parte do intestino e provocando uma hemorragia interna que o fez perder quase metade do sangue do corpo.

A agilidade do atendimento da Santa Casa da cidade garantiu a sobrevivência do parlamentar que no dia seguinte foi transferido para um hospital particular em São Paulo.

Assista o momento da oração:

 

Esfaqueado, Bolsonaro passa por cirurgia; “Quase morreu”, diz filho do político

 

Segundo a TV Globo, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) está sendo operado na Santa Casa de Juiz de Fora, Minas Gerais, após ser esfaqueado durante um comício na cidade.
As primeiras informações de que o corte foi superficial e que o candidato passava bem vão sendo desmentidas, a ponto que reportagens mostram que o candidato teve o fígado atingido e também a alça do intestino.

“Infelizmente foi mais grave do que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou no hospital com pressão de 10/3, quase morto… Seu estado agora parece estabilizado. Orem, por favor!”, escreveu Flávio Bolsonaro, filho do candidato.

Flavio Bolsonaro 177 Senador_RJ

?

@FLAVIOBOLSONARO

INFELIZMENTE FOI MAIS GRAVE QUE ESPERÁVAMOS. A PERFURAÇÃO ATINGIU PARTE DO FÍGADO, DO PULMÃO E DA ALÇA DO INTESTINO. PERDEU MUITO SANGUE, CHEGOU NO HOSPITAL COM PRESSÃO DE 10/3, QUASE MORTO… SEU ESTADO AGORA PARECE ESTABILIZADO. OREM, POR FAVOR!

Agressor confessa crime

O agressor, identificado como Adelio Bispo De Oliveira, fazia várias postagens contrárias ao Bolsonaro em seu Facebook. Em suas redes sociais, é possível ver que ele era simpatizante do PT e PSOL e participava de diversos eventos desses partidos, inclusive as passeatas pedindo a libertação de Lula. Preso em flagrante, Adelio confessou o crime.

Compartilhe:

Deixe seu comentário